sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Todo fim de tarde



No meio do silêncio, no meio  da confusão;
quando sinto saudade, no meio da escuridão...
Ela vem junto aos questionamentos, vem com as fragilidades,
vem junto com os sonhos e vem com a realidade.

Ela vem com o frio, vem com os personagens,
com as músicas, vem com os filmes e as paisagens.
Ela nasce todo fim de tarde...
quando o sol aparece pela metade.

Quando eu fecho os olhos, quando sinto o aroma da beleza;
quando admiro os pássaros e a chuva em sua sutileza.
Quando o som do mar está perto,
quando o sorriso não é discreto.

Com os desenho em preto e branco,
quando cada traçado se mostra tão franco.
Ela vem no meio do nada, vem do coração;
com a mente aberta, é assim a inspiração!

7 comentários:

  1. Que lindo. A inspiração pode vir das coisas mais simples da vida. E muitas vezes mais prazerosas até.

    um abraço,
    www.todososouvidos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Ítalo! Isso que é legal, a simplicidade, que nos dá inspiração constante. =)

      abraço'

      Excluir
  2. Super geográfico o trecho

    "Ela vem com o frio, vem com os personagens,
    com as músicas, vem com os filmes e as paisagens.

    Ela nasce todo fim de tarde...
    quando o sol aparece pela metade."

    Adorei ;D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. *---*
      Obrigada pelo carinho!
      Eu bem que quis expressar um pouco de Geografia. *--* rs'
      Enfim, sendo analisada por um também futuro geógrafo, acho que consegui. rs' Que bom! =))

      Excluir
  3. Dani, Dani! tu és poetiza ou géografa? géografa ou poetiza?
    Rsrsrsrsrs
    Emanoel Pedrosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim como dizem que geógrafos sabe um pouquinho de tudo,
      eu digo que eu sou uma futura geógrafa que além de saber um pouco dos assuntos geográficos, amo a poesia e a literatura.

      Excluir
  4. mariaramos.37@hotmail.com16 de novembro de 2013 18:33

    Parabéns Danni, pela bela poesia! Você está se tornando uma verdadeira poetisa! E isso é maravilhoso! Pois o que fazer poesia,senão a arte de brincar com as palavras e viajar no mundo da imaginação?
    Um abraço! e siga em frente!
    diariodaeternaaprendiz.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada por interagir no blog.
Seja sempre bem-vindo e comente o quanto quiser!

"Pra fazer poesia
tem que ter inspiração,

Se forçar...
Nunca vai ficar boa" - Vinícius de Moraes.

"Enquanto Eu tiver perguntas e não haver respostas... Continuarei a escrever"

- Clarice Lispector.

Meu mundo infinito particular:

Eu, somente eu
Escrito por mim sozinho
Ninguém mais do que eu
Minha voz, sou eu sozinho

De fato é difícil conviver assim
Com tudo aquilo que eu quero de mim
De fato é pesado ter que aceitar
Toda a realidade que sinto no ar

Por isso a poesia não me abandonou
nunca Me deixou
Por isso a poesia não me abandonou
nunca me deixou - A Poesia e Eu #Catedral.


Música e poesia, uma combinação perfeita para que eu entre nesse meu mundo particular, onde a natureza faz rimas só pra mim, e eu vivo infinitas possibilidades.

Inscreva-se

FeedBurner FeedCount

NOTA

A maioria das imagens inseridas nas postagens deste blog são retiradas da internet, sem a menor intenção de adquirir os direitos autorais destas. Assim, se alguém sentir-se prejudicado ou incomodado com o uso de sua imagem, entre em contato* e a imagem receberá os devidos créditos ou será retirada deste blog, como o possuidor dos direitos desejar.

*Ver aba de contatos.