sábado, 31 de agosto de 2013

Mês do Folclore

Eu já fiz um post sobre o Folclore aqui (ano passado, veja aqui), mas resolvi de ultima hora fazer outro post porque surgiram alguns fatos que me motivaram:

·         Minha tia pediu uma pesquisa sobre o famoso Coco de Roda, super conhecido no Nordeste (em Alagoas? Sim, com certeza, tem até hipóteses que ele tenha nascido aqui - mas não discutirei sobre isso);
·         Li no Facebook uma postagem horrível sobre a cultura brasileira, na verdade não seria sobre a cultura exatamente, seria agressão a nossa cultura. Vou nem transcrever tal ABSURDO que li!
·         E por ultimo, dentre os últimos curta metragens que assisti, um em especial caia perfeitamente bem nesse contexto de Folclore/Cultura/Alagoas.

Assim, nesse último dia do mês (e também porque quis deixar para o último dia, mesmo!) vamos a mais um post sobre de o Folclore (comemorado principalmente no dia 22/08). É importante destacar que essa data foi criada pelo governo brasileiro, em 1965, para fazer uma homenagem à nossa cultura popular, segundo o site Brasil Cultura, site que só conheci nessa oportunidade, mas que pretendo visitar com alguma frequência.
Encontrei o vídeo (curta metragem) a seguir dividido em duas partes e foi meio difícil de encontrá-lo, mas, enfim, consegui e está ai.
Assistam, veja o cenário nordestino... A filmagem foi feita na cidade de Olho D'Água das Flores- AL, para ter mais informações acesse o site do projeto que deu origem ao curta, clicando aqui.

Nome do curta: IAPOIS.

Você vai descobrir um mundo mágico de histórias do sertão. Apreciem sem limites e deem valor à cultura brasileira!




segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Minha paixão por curtas

Geeente do céu! Se vocês não sabem, eu devo dizer que sou apaixonada por curta metragem; sempre que posso estou assistindo alguns... Têm uns três que eu já tenho em mente pra postar aqui pra vocês - coisas que ficaram para outras postagens, mas essa madrugada eu descobri um muito, muito, muito show! E hoje o post é ele.

Nome: Passo
Diretor: Alê Abreu
Produzido em: SP
Sinopse: Um pássaro e sua gaiola

Então vamos ao que interessa:





E, se assim como eu, vocês gostarem, não esqueçam de curtirem e comentarem.
Abraços e até mais.


segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Dia Mundial da Fotografia


Na verdade, eu soube apenas  hoje, que hoje, 19 de agosto é o dia da fotografia. rs'
E ontem de manhã, numa fazenda, na cidade de Boca da Mata, eu estava "realizando nostalgia" -adoro essa música, que nem vem ao caso, nesse momento. rs' E capturei duas imagens... que quero compartilhar com vocês, por hoje ser o Dia Mundial da Fotografia, porque eu gosto de fotografia e porque eu criei aqui no blog a tag #Fotografia. Então vamos lá.

Essa foi tirada na Fazenda São Francisco do Cariri, um lugarzinho super conhecido meu. Estive lá nesse final de semana. E na primeira oportunidade que tive, capturei um pedacinho da paisagem... =)

-
O céu estava nublado, estava chuviscando e passava um vento bem geladinho. Me senti muito bem nesse momento, me senti completa. =D

-E uma frase clichê seria a melhor legenda:

As melhores coisas da vida não se compram.


sábado, 10 de agosto de 2013

Músicas que dão saudades...


Músicas que dão saudades...

Dos desenhos na areia
Do lado de lá do cercado
De onde se via o sol se pondo
De sair pra pegar tamarindo.

Músicas que dão saudades...

De correr na grama fria
Nas tardes de sábado
No lado da sombra
Do pé de cajá.

Músicas que dão saudades...

Dos jogos nas tardes de domingo
Da bicicleta na estrada estreita
Do arruando onde brincava
E até das bolinhas de gude.

Músicas que dão saudades...

Da casa da tia onde abusava
Das estradas de carrinho
Das pedrinhas jogadas no açude
E da ladeira para chegar em casa.

Músicas que dão saudades...
À minha infância.

"Pra fazer poesia
tem que ter inspiração,

Se forçar...
Nunca vai ficar boa" - Vinícius de Moraes.

"Enquanto Eu tiver perguntas e não haver respostas... Continuarei a escrever"

- Clarice Lispector.

Meu mundo infinito particular:

Eu, somente eu
Escrito por mim sozinho
Ninguém mais do que eu
Minha voz, sou eu sozinho

De fato é difícil conviver assim
Com tudo aquilo que eu quero de mim
De fato é pesado ter que aceitar
Toda a realidade que sinto no ar

Por isso a poesia não me abandonou
nunca Me deixou
Por isso a poesia não me abandonou
nunca me deixou - A Poesia e Eu #Catedral.


Música e poesia, uma combinação perfeita para que eu entre nesse meu mundo particular, onde a natureza faz rimas só pra mim, e eu vivo infinitas possibilidades.

Inscreva-se

FeedBurner FeedCount

NOTA

A maioria das imagens inseridas nas postagens deste blog são retiradas da internet, sem a menor intenção de adquirir os direitos autorais destas. Assim, se alguém sentir-se prejudicado ou incomodado com o uso de sua imagem, entre em contato* e a imagem receberá os devidos créditos ou será retirada deste blog, como o possuidor dos direitos desejar.

*Ver aba de contatos.