domingo, 26 de janeiro de 2014

Mochila nas costas e sorriso no rosto

Frase clichê: “Já teve vontade de deixar tudo para trás?” – pergunta, na verdade!
Já teve vontade de dá um tempo em tudo a sua volta e correr para um lugar que faça você esquecer a bagunça... a bola de neve que tá acontecendo na sua vida? Já quis fazer uma loucura para aliviar o peso que você carrega?


Hoje me tomei de uma coragem louca de desligar o celular, pegar a mochila e fugir... Fugir para um lugar singelo, onde a tranquilidade reine e o silêncio, a paz e os sentimentos bons transcendam...
Vamos fugir amanhã?!
A gente com as mochilas nas costas, numa tarde desse verão quente, em frente ao mar, sorrindo e com o coração acelerado por ter feito uma loucura dessas. Sentar sem se preocupar com o que deixamos para trás, só aproveitar o momento...
Sorri em frente a cama. Te ligar, te mandar uma mensagem agora, marcar tudo e amanhã botar o plano em ação. Desligar o celular e apenas sentir vocês e o momento e não ver o tempo passar e o entardecer; no fim, voltaríamos para casa tranquilos, com a alma lavada... cheia de paz, de liberdade, de bem-estar, de amor. Das nossas aventuras, do nosso próprio Eu interior, do nosso amor. Um do amor do outro.

"Pra fazer poesia
tem que ter inspiração,

Se forçar...
Nunca vai ficar boa" - Vinícius de Moraes.

"Enquanto Eu tiver perguntas e não haver respostas... Continuarei a escrever"

- Clarice Lispector.

Meu mundo infinito particular:

Eu, somente eu
Escrito por mim sozinho
Ninguém mais do que eu
Minha voz, sou eu sozinho

De fato é difícil conviver assim
Com tudo aquilo que eu quero de mim
De fato é pesado ter que aceitar
Toda a realidade que sinto no ar

Por isso a poesia não me abandonou
nunca Me deixou
Por isso a poesia não me abandonou
nunca me deixou - A Poesia e Eu #Catedral.


Música e poesia, uma combinação perfeita para que eu entre nesse meu mundo particular, onde a natureza faz rimas só pra mim, e eu vivo infinitas possibilidades.

Inscreva-se

FeedBurner FeedCount

NOTA

A maioria das imagens inseridas nas postagens deste blog são retiradas da internet, sem a menor intenção de adquirir os direitos autorais destas. Assim, se alguém sentir-se prejudicado ou incomodado com o uso de sua imagem, entre em contato* e a imagem receberá os devidos créditos ou será retirada deste blog, como o possuidor dos direitos desejar.

*Ver aba de contatos.