sexta-feira, 26 de abril de 2013

Um cenário perfeito para a imaginação...

Bom gente, hoje quero compartilhar com você a música "Sentimental" de Los Hermanos. Acho que caiu super bem na noite de hoje, onde o frio, a chuva, ausência, saudade, lembranças estiveram presentes.  ( #CenárioPerfeitoParaImaginação *--*) E Los Hermanos é uma banda que me toca profundamente, cada música que já ouvi... E Sentimental não seria diferente. Espero que apreciem assim como eu. "Quem é mais sentimental que eu?♫"

Não vou fazer análises nem nada do tipo, só quero que ouçam a música... E deixem seus sentidos mais sensíveis...


E, com ou sem chuva, frio, ausência, saudades, lembranças, sorrisos, enfim... Boa noite!

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Bilhete pra você


Eu tinha um bilhete, no qual escrevi todas as palavras que um dia quis te falar. Eu andava com esse bilhete guardado na minha agenda, lia e relia, várias e várias vezes, assim eu sentisse saudades suas. E de tanto lê-lo, eu percebi que já estava decorando as sensações que senti quando o escrevi e, mesmo assim, eu gostava de lê-lo todas as vezes que sua ausência me incomodava. Era como se cada vez que eu lesse, estivesse te falando tudo, e de novo e de novo. Eu gostava de sonhar acordada, quando entrava nele e chegava até você. Imaginava que eu o lia e você gostava e você sorria e você vibrava e você me abraçava, como se dali em diante, não existisse nada além de nós dois, ali... parados, sorrindo... abraçados. Eu lia várias vezes com a intenção de viver o que não aconteceu. Quisera eu encontrar esse bilhete ainda. Quisera eu que só o velho bilhete ainda hoje me fizesse sorrir imaginando esse passado calculado. O papel envelheceu. A tinha da caneta extravasou. A umidade rasgou as partes dobradas, já que eu guardava tão bem guardado, dobrava tão bem dobrado, com tanto cuidado... Pra que tanto cuidado? Hoje, eu já nem preciso dele para sonhar com você. Não preciso dele para sorrir com sua imagem abstrata, com seus abraços carinhosos.
Basta anoitecer
e eu dormir.


domingo, 14 de abril de 2013

Só uma frase



Um pedido... Outra chance...
enfim...
Cada um tira as próprias conclusões...
tem os pensamentos dispersos...
e faz as próprias reflexões...


sexta-feira, 12 de abril de 2013

A menina que quis voar



Ela quis voa, mas sentiu medo de não ser capaz...
"Vamos comigo, meu rapaz,
vamos viver, dançar e sorrir em paz."
Ela quis falar isso para o moço
-ao olhá-lo com ar de fragilidade.

O moço tinha um olhar tão doce, que a fazia esquecer seu mundo cinza... esquecer o mundo além daquele olhos verde esmeralda que a envolviam...

Ela quis voa, para outro plano onde o verde esmeralda emanasse uma luz sem sombras;
mas precisava do moço com ela.

Pena que ele não entendeu o que ela dizia no semblante de menina sensível e frágil.



quinta-feira, 11 de abril de 2013

Da janela lá de casa...


"Da janela lá de casa
vejo coisas que não se acabam..."


- Frase de um texto de um livro didático que usei nos primeiros anos da escola e ficou na minha mente até hoje, e ainda assim continua me servindo muito bem!

Enfim os primeiros clicks divulgados.
- O que me inspira:
Pôr do sol. Pôr do sol me faz um bem imenso... consigo imaginar tantas coisas... Ah, a imaginação...

Como não se emocionar com o que a natureza nos proporciona?

- As fotos aqui publicadas são de minha autoria.
Será permitido uso destas desde que sejam dados os devidos créditos.


quarta-feira, 10 de abril de 2013

Desejos de uma madrugada silenciosa


Por que  nessa madrugada vazia,
você não vem me fazer companhia?
Fiquei acordada até agora,
para ouvir sua voz numa história.
Esse silêncio que por vezes me confunde,
por um tando também desilude.

Se eu olhar pela janela,
você estará do outro lado dela?
O seu olhar de quem está à procura, me invade,
descobre os segredos que tento aguardar com dificuldade.
Nessa madrugada silenciosa e singela,
minha pele espera a tua encostar nela.

Mas se você não chegar e eu adormecer,
ainda assim sinto vontade te ver.
Vou fechar os olhos e ver um par...
de mãos dadas no fim da tarde, olhando o mar.
Irei no sonho sorrir contente,
é um sonho... e um sorriso inocente.


"Pra fazer poesia
tem que ter inspiração,

Se forçar...
Nunca vai ficar boa" - Vinícius de Moraes.

"Enquanto Eu tiver perguntas e não haver respostas... Continuarei a escrever"

- Clarice Lispector.

Meu mundo infinito particular:

Eu, somente eu
Escrito por mim sozinho
Ninguém mais do que eu
Minha voz, sou eu sozinho

De fato é difícil conviver assim
Com tudo aquilo que eu quero de mim
De fato é pesado ter que aceitar
Toda a realidade que sinto no ar

Por isso a poesia não me abandonou
nunca Me deixou
Por isso a poesia não me abandonou
nunca me deixou - A Poesia e Eu #Catedral.


Música e poesia, uma combinação perfeita para que eu entre nesse meu mundo particular, onde a natureza faz rimas só pra mim, e eu vivo infinitas possibilidades.

Inscreva-se

FeedBurner FeedCount

NOTA

A maioria das imagens inseridas nas postagens deste blog são retiradas da internet, sem a menor intenção de adquirir os direitos autorais destas. Assim, se alguém sentir-se prejudicado ou incomodado com o uso de sua imagem, entre em contato* e a imagem receberá os devidos créditos ou será retirada deste blog, como o possuidor dos direitos desejar.

*Ver aba de contatos.