quinta-feira, 12 de julho de 2012

Feliz aniversário, baby.



Ontem foi seu aniversário, há tempos eu fiz questão de esquecer.
Mas por uma ironia do destino, ontem, antes de dormir, por algum motivo que ainda não tenho certeza, eu lembrei involuntariamente. Eu não marquei no calendário, eu não marquei na minha agenda, eu não marquei no meu celular. Fiz questão de deixar você esquecido no meu inconsciente. Mas ontem, alguém me deu a notícia de seu aniversário.

É engraçado mesmo, por que eu estava pensando em te dá meus parabéns. E te desejar muito anos de vida e que no meio da sua festa surpresa, bem na hora de apagar as velinhas você lembre de mim. Lembre de como você me tratava e sinta-se culpado, sinta-se um lixo. Desejo muito anos de vida, desejo mesmo, desejo por que quero que você veja minha felicidade e como eu estou tão bem sem você!
Queria até está no seu aniversario de propor um brinde!

"Um brinde a sua longa existência para assistir minha vida social bem sucedida, uma vida pessoal indo de vento em poupa e o meu relacionamento amoroso bem melhor do que ele poderia ser se eu estivesse com você"

E desejo do fundo do meu coração que você pense nessas palavras todos os dias. Mas não quero que você viva para sofrer. Quero que você viva para ver. Ver as bobagens que você fez comigo e me fez também apagar qualquer sentimento por você.

Então, com esse desabafo, me despeço de você.
Tenha um feliz aniversário! E nunca, nunca esqueça de mim, é o que eu desejo para você. Passar bem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por interagir no blog.
Seja sempre bem-vindo e comente o quanto quiser!

"Pra fazer poesia
tem que ter inspiração,

Se forçar...
Nunca vai ficar boa" - Vinícius de Moraes.

"Enquanto Eu tiver perguntas e não haver respostas... Continuarei a escrever"

- Clarice Lispector.

Meu mundo infinito particular:

Eu, somente eu
Escrito por mim sozinho
Ninguém mais do que eu
Minha voz, sou eu sozinho

De fato é difícil conviver assim
Com tudo aquilo que eu quero de mim
De fato é pesado ter que aceitar
Toda a realidade que sinto no ar

Por isso a poesia não me abandonou
nunca Me deixou
Por isso a poesia não me abandonou
nunca me deixou - A Poesia e Eu #Catedral.


Música e poesia, uma combinação perfeita para que eu entre nesse meu mundo particular, onde a natureza faz rimas só pra mim, e eu vivo infinitas possibilidades.

Inscreva-se

FeedBurner FeedCount

NOTA

A maioria das imagens inseridas nas postagens deste blog são retiradas da internet, sem a menor intenção de adquirir os direitos autorais destas. Assim, se alguém sentir-se prejudicado ou incomodado com o uso de sua imagem, entre em contato* e a imagem receberá os devidos créditos ou será retirada deste blog, como o possuidor dos direitos desejar.

*Ver aba de contatos.