quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Perfil



Eu não sou como as outras meninas,
eu não acredito em príncipe encantado.
Eu não sou como as outras meninas,
eu nunca disse – “Eu te amo”.
Eu não sou como as outras meninas,
eu nunca me senti feliz.
Eu não sou como as outras meninas,
eu não chorei quando ele se foi.
Eu não sou como as outras meninas,
eu não tentei fazer ele voltar.
Eu não sou como as outras meninas,
eu sempre quis ouvir.
Eu não sou como as outras meninas,
eu escrevia pra lembrar.
Eu não sou como as outras meninas,
eu nunca tive alguém para me abraçar.
Eu não sou como as outras meninas
porque o destino foi covarde comigo,
nunca me deixou viver... nunca
nem um sonho eu pude ter.
O frio sempre me consumiu,
até meu coração nunca reagiu;
Minhas escolhas nunca resultaram em nada...
eu sempre atuei na história errada;
Mergulho no medo de pensar...
para depois não ter que acordar;
Incomoda-me a idéia de esperança,
já passei da fase de criança.
Eu não me sinto só,
Só não me sinto viva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por interagir no blog.
Seja sempre bem-vindo e comente o quanto quiser!

"Pra fazer poesia
tem que ter inspiração,

Se forçar...
Nunca vai ficar boa" - Vinícius de Moraes.

"Enquanto Eu tiver perguntas e não haver respostas... Continuarei a escrever"

- Clarice Lispector.

Meu mundo infinito particular:

Eu, somente eu
Escrito por mim sozinho
Ninguém mais do que eu
Minha voz, sou eu sozinho

De fato é difícil conviver assim
Com tudo aquilo que eu quero de mim
De fato é pesado ter que aceitar
Toda a realidade que sinto no ar

Por isso a poesia não me abandonou
nunca Me deixou
Por isso a poesia não me abandonou
nunca me deixou - A Poesia e Eu #Catedral.


Música e poesia, uma combinação perfeita para que eu entre nesse meu mundo particular, onde a natureza faz rimas só pra mim, e eu vivo infinitas possibilidades.

Inscreva-se

FeedBurner FeedCount

NOTA

A maioria das imagens inseridas nas postagens deste blog são retiradas da internet, sem a menor intenção de adquirir os direitos autorais destas. Assim, se alguém sentir-se prejudicado ou incomodado com o uso de sua imagem, entre em contato* e a imagem receberá os devidos créditos ou será retirada deste blog, como o possuidor dos direitos desejar.

*Ver aba de contatos.