sábado, 30 de outubro de 2010

Sobre mim


Hoje a postagem é sobre mim.
Dia difícil? Não, apenas mais um dia... Mais um dia com coisas para fazer. Mais um dia para eu pensar... Mais um dia para eu viver.
Um dia para aprender. Um dia para agradecer. Para falar e escutar... Um dia para escolher se é melhor brigar ou conversar. Ter recordações faz parte, atender um pedido também.
Eu sei de tudo que estou falando, talvez você, que esteja lendo, não entenda o que eu quero expressar; mas eu não quero ser explícita porque é no subtendido que a gente pode se encontrar nas palavras...
Só quero que todos saibam que estou bem. Estou mais leve, como uma folha levada com o vento. Até sinto ele me tocar a face, sinto meus cabelos soltos no ar...
Hoje eu só quis falar de mim.
Só quis falar como me sinto.

4 comentários:

  1. danni belissimo texto,
    e bom falar o q vc sente em si mesmo.
    gostei muito do seu blog e lindo,
    prbns ta.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, meu querido!
    Que bom que você gostou.
    Fico feliz por isso.
    Espero que volte sempre.
    =D
    (yn)
    Vlw!

    ResponderExcluir
  3. Sua forma de expressão particular se identifica muito com a minha. Gostei do blog, vou seguir e divulgar na lista de favoritos do meu blog. Abraço' -- visita lá!

    >> http://trapoescrito.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Sergio!
    Que que gostasse do meu blog. ;D
    E valeu por divulga-lo.
    Espero que volte aqui sempre.
    E irei visitar o seu também.
    ;**

    ResponderExcluir

Obrigada por interagir no blog.
Seja sempre bem-vindo e comente o quanto quiser!

"Pra fazer poesia
tem que ter inspiração,

Se forçar...
Nunca vai ficar boa" - Vinícius de Moraes.

"Enquanto Eu tiver perguntas e não haver respostas... Continuarei a escrever"

- Clarice Lispector.

Meu mundo infinito particular:

Eu, somente eu
Escrito por mim sozinho
Ninguém mais do que eu
Minha voz, sou eu sozinho

De fato é difícil conviver assim
Com tudo aquilo que eu quero de mim
De fato é pesado ter que aceitar
Toda a realidade que sinto no ar

Por isso a poesia não me abandonou
nunca Me deixou
Por isso a poesia não me abandonou
nunca me deixou - A Poesia e Eu #Catedral.


Música e poesia, uma combinação perfeita para que eu entre nesse meu mundo particular, onde a natureza faz rimas só pra mim, e eu vivo infinitas possibilidades.

Inscreva-se

FeedBurner FeedCount

NOTA

A maioria das imagens inseridas nas postagens deste blog são retiradas da internet, sem a menor intenção de adquirir os direitos autorais destas. Assim, se alguém sentir-se prejudicado ou incomodado com o uso de sua imagem, entre em contato* e a imagem receberá os devidos créditos ou será retirada deste blog, como o possuidor dos direitos desejar.

*Ver aba de contatos.