quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Dando adeus.

 Eu ia postar alguma coisa triste... porque eu não estava [talvez ainda não esteja] bem.


Mas vendo coisas... vendo ações e palavras que não fazem sentido,  percebi que talvez fosse inútil. Talvez eu não expressasse exatamente tudo como eu queria.


O meu tempo não foi perdido para mim porque me ensinou a ver as coisas com lentes de aumento... Não vou falar do que eu aprendi. Não quero falar disso para não ter lembranças que me machuquem... Não quero revivê-las, mesmo sabendo que muitas me deixaram alegre.
O tempo vai passar e, mais uma vez, eu sei que tudo vai mudar. Acabei de ouvir que "Só os idiotas não mudam de opinião", se isso é certo? Não sei, talvez!
Só sei que acabei de mudar de opinião, ou melhor, acho que já tinha essa opinião, mas ainda não estava tão explícita para mim.
Tudo aquilo que aconteceu hoje... Eu ainda chorei... Pensei que existisse verdade em tudo aquilo...
Os piores e muitos dos melhores momentos desses últimos meses passei com você. Mas parece que tudo não foi mais que um simples passa tempo, não para mim.
Bom para você que não vai sofrer, por mim. Ruim para mim que quis perder meu tempo com você.
Mas não vou ficar me lamentando... Temos que viver várias experiências para depois poder abrir a boca e falar: Eu já fui muito feliz...
Eu já amei muito alguém...
Eu já chorei por uma pessoa que não devia ter chorado
Eu já sonhei com você...
Eu já fiquei sem dormir pensando na gente
Eu sofri por não poder dizer o que queria...
Eu fiquei triste com aquele adeus...
E o mais importante: Eu aprendi que não tem regra para amar. Mesmo que já tenha amado antes, um outro amor será sempre diferente... Todas as experiências são importantes, mas talvez não possamos usá-las noutro acontecimentos...
Mas saber que aprendemos como devem ser feitas as coisas pode nos deixar mais calmos.

Na verdade tudo que eu queria te dizer é que você foi importante e ainda será. Mas as suas atitudes me fizeram mudar... Talvez as tentativas dessem certo se você ficasse perto de mim. Você não ficou  perto de mim. Que pena porque eu não quero mais... Tudo acabou da maneira mais difícil e mais inesperada. Eu não quis entender e não vou te agradecer, mas se esse foi o fim é por que tinha que ser assim. Doe, talvez mais ou só para mim, mas ao mesmo tempo me sinto bem porque tenho a sensação de liberdade. Dei adeus para esse sentimento (esse meu sentimento), mesmo ele se mostrando para mim verdadeiro e singelo...


Estou dando adeus para você também.

Um comentário:

  1. O sentimento das pessoas é algo do tipo que não se pode julgar. Nunca sabemos a real situação emocional que os outros estão passando, nunca sabemos a verdade "nua e crua"... por isso é sempre bom nos mostrarmos a disposição oferecendo nossos ombros para que se possa chorar, nossos ouvidos para desabafar e talvez, nossa fala para aconselhar, mas criticar sem saber dos fatos, jamais.

    ResponderExcluir

Obrigada por interagir no blog.
Seja sempre bem-vindo e comente o quanto quiser!

"Pra fazer poesia
tem que ter inspiração,

Se forçar...
Nunca vai ficar boa" - Vinícius de Moraes.

"Enquanto Eu tiver perguntas e não haver respostas... Continuarei a escrever"

- Clarice Lispector.

Meu mundo infinito particular:

Eu, somente eu
Escrito por mim sozinho
Ninguém mais do que eu
Minha voz, sou eu sozinho

De fato é difícil conviver assim
Com tudo aquilo que eu quero de mim
De fato é pesado ter que aceitar
Toda a realidade que sinto no ar

Por isso a poesia não me abandonou
nunca Me deixou
Por isso a poesia não me abandonou
nunca me deixou - A Poesia e Eu #Catedral.


Música e poesia, uma combinação perfeita para que eu entre nesse meu mundo particular, onde a natureza faz rimas só pra mim, e eu vivo infinitas possibilidades.

Inscreva-se

FeedBurner FeedCount

NOTA

A maioria das imagens inseridas nas postagens deste blog são retiradas da internet, sem a menor intenção de adquirir os direitos autorais destas. Assim, se alguém sentir-se prejudicado ou incomodado com o uso de sua imagem, entre em contato* e a imagem receberá os devidos créditos ou será retirada deste blog, como o possuidor dos direitos desejar.

*Ver aba de contatos.