domingo, 23 de junho de 2013

Menino da lua



À noite, elevei a cabeça ao céu
Pois percebi que a claridade me tocava
E o céu estava mais gracioso,
Me lembrando das conversas
Que pensávamos em ter pela janela.

O menino, as palavras, a noite e uma impressão...
E então mais um sorriso me veio.

Era o menino da lua,
Menino que contava estrelas
E nelas buscava inspiração,
Que me fazia esse brilho no olhar
Com um sorriso verdadeiro.

De tal emoção, ele sempre foi réu,
Pois tinha o dom quando falava
De deixar um sentimento harmonioso.
Os sonhos ganhavam ações inversas.
Sonhá-los, sempre foi coisa bela.

Me acalmo e confirmo a sensação
O menino da lua tem o imaginário cheio!

E essa noite, de presente, foi tua.
O que se via na estrada não era poeira.
Eu sabia que era iluminação...
Das estrelas que estavam a brilhar
Para um menino da lua, isso é um mundo inteiro!


8 comentários:

  1. Que bonito Dani.

    O H. E. e O. P. está em festa, aparece lá para comer um bolinho.

    ResponderExcluir
  2. Sonhar não tem limite...
    Muito lindo Danni.


    http://inspiracaoentrelinhas.blogspot.com.br/
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita, Zane.
      E viva os sonhos! =)

      Excluir
  3. Nossa quanta alegria há neste maravilhoso poema!! Adorei!! Nunca deixes morrer a criança que há em ti,por mais idade que se tenha,há sempre uma criança em nós. Beijinhos fofinhos e fica com deus!! http://mafaldinhaarte.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, Mafalda Sofia!
      A criança deve permanecer... *--*
      Obrigada pelo comentário.
      Abraços.
      Volte sempre que desejar!

      Excluir
  4. Acredito que tem muito menino da lua por ai, gente com imaginação fértil que consegue realizar grandes feitos não apenas por resolverem coisas complexas mas principalmente por não esqueceram da importância das coisas simples.

    http://meuuniversopeculiar.blogspot.com.br/
    http://versandosobreotudoouonada.blogspot.com.br/
    http://sealimentandodearte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, adorei sua colocação, Steve. Ainda existem meninos da lua por ai... Eu sei *-*

      Obrigada pela visita e pelo comentário.
      Visitarei seus blog.
      Abraços.

      Excluir

Obrigada por interagir no blog.
Seja sempre bem-vindo e comente o quanto quiser!

"Pra fazer poesia
tem que ter inspiração,

Se forçar...
Nunca vai ficar boa" - Vinícius de Moraes.

"Enquanto Eu tiver perguntas e não haver respostas... Continuarei a escrever"

- Clarice Lispector.

Meu mundo infinito particular:

Eu, somente eu
Escrito por mim sozinho
Ninguém mais do que eu
Minha voz, sou eu sozinho

De fato é difícil conviver assim
Com tudo aquilo que eu quero de mim
De fato é pesado ter que aceitar
Toda a realidade que sinto no ar

Por isso a poesia não me abandonou
nunca Me deixou
Por isso a poesia não me abandonou
nunca me deixou - A Poesia e Eu #Catedral.


Música e poesia, uma combinação perfeita para que eu entre nesse meu mundo particular, onde a natureza faz rimas só pra mim, e eu vivo infinitas possibilidades.

Inscreva-se

FeedBurner FeedCount

NOTA

A maioria das imagens inseridas nas postagens deste blog são retiradas da internet, sem a menor intenção de adquirir os direitos autorais destas. Assim, se alguém sentir-se prejudicado ou incomodado com o uso de sua imagem, entre em contato* e a imagem receberá os devidos créditos ou será retirada deste blog, como o possuidor dos direitos desejar.

*Ver aba de contatos.